sábado, 6 de abril de 2013

Participe!

Abaixo-assinado em apoio a MERITOCRACIA da SEEDUC-RJ

Para: Governo do Estado do Rio de Janeiro
Nós professores da Rede Estadual de Educação do Estado do Rio de Janeiro podemos afirmar, sem titubear que trabalhamos hoje numa REDE muito melhor já há alguns anos. Ao reconhecermos que a Educação pode e precisa melhorar muito mais no que diz respeito ao seu financiamento, às condições de trabalho, à valorização dos profissionais e também aos seus resultados com reflexos na aprendizagem dos discentes, não podemos deixar de afirmar que todo o planejamento estratégico colocado em prática na Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro tem proporcionado melhoria nunca vista em outro momento da história de nossa Educação.
Por isso, os abaixo assinados - professores, gestores, pessoal de apoio, pais/responsáveis, alunos, comunidade escolar e cidadãos reconhecem que a política pública de meritocracia desenhada e implementada pela SEEDUC-RJ tem proporcionado melhoria contínua nos resultados de nossas unidades escolares como um todo. Por outra, queremos com esta manifestação declarar irrestrito apoio ao secretário de educação - Wilson Risolia - nesse bom combate em prol de uma Educação cujos resultados vêm, ano após ano, coroando de sucesso o trabalho dos profissionais da educação de nossa rede, com efeitos colaterais positivos inclusive nas redes municipais.
Os remetentes são todos os que resgataram o orgulho de terem uma educação que caminha a passos largos para ser uma referência no Brasil.

Os signatários

domingo, 5 de junho de 2011

PAPUMM - Prevenir Agora Para Um Mundo Melhor

Cartaz vencedor do concurso

 A Escola se mobilizou para a realização das 2 primeiras ações do nosso Projeto PAPUMM. Estamos muito contentes com os eventos.
Você pode ver o cronograma através das fotos. É só clicar aqui.

Agora é o Teatro de Prevenção na pauta. Vamos ao trabalho!

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Escritores associados a Charles Dickens - Edição 2011

Após a leitura do 1º capítulo de David Copperfield, os alunos e alunas do 8º ano inventaram a continuação com muita inspiração.


Uma viagem forçada para casa do irmão de Pegotty

Eu estava com muita raiva do Murdstone. O sujeito queria se aproveitar da minha mãe. Mas a minha mãe estava caidinha por ele; ela me mandou ir para a casa do irmão de empregada Pegotty.
Na noite que eu saí com Pegotty de charrete, no meio do caminho o pneu furou.
A Pegotty ligou para a minha mãe e falou:
_ Clara, estamos com um problema!
Minha mãe logo perguntou:
_O meu filho está ai? Cadê ele?
_ Quero falar com ele! – insistiu quase chorando.
Mas Pegotty falou:
_ Se acalma, o seu filho está bem. É que o pneu da charrete furou. Mas como estamos longe da casa do meu irmão, resolvemos ir amanhã.
Minha mãe concordou.
Quando estávamos quase chegando, vi um amigo que ia para lá pequei uma carona com ele.
Chegando lá, quando eu ia bater o gonzo da porta, tive uma surpresa. Um sujeito abriu a porta. Quando ele olhou para mim eu cheguei a arrepiar. Nossa! Ele me dá calafrios!
Logo me perguntou:
_Mas já?
Aí a empregada explicou, e ele ficou surpreso. Mas com um sorriso que me pareceu estranho...
Alessandra Alves de Almeida

Colégio Agrícola

David, sem querer, erra o ônibus em que estava Pegotty. E, cai num colégio agrícola onde encontra a Cremilda, que lhe perguntou:
_Menino, você é o Matheus nosso aluno novo?
_Sim - mentiu.
_ Tá bom. Vá a sua turma, Carla te mostra.
Carla era uma menina muito faladeira.
_Arrasou, Matheus! – disse Carla.
_ Eu sou Waldecir, mas pode me chamar de Júnior.
_Eu sou o Paulo, conhecido como tomate.
Foi um monte de apresentação, mas a que mais agradou David foi a de Ambrosilina, e a de Carla também.
Dois anos se passaram e David soube que Pedro e Isaac eram filhos de Murdestone. Sabendo disso ele se declara à Carla. Mesmo sabendo que Ambrosilina o ama. E Carla escutando isso dia:
_Eu não te amo, mas podemos ser amigos.
David vai indo embora junto com seus amigos Pedro, Paulo (tomate), Isaac, Waldecir (Júnior) com uma dor no peito.
Eles juntaram seu dinheiro e chegaram à casa da mãe de David. E ficaram surpresos com o que viram no chão: a mãe de David esta morta e o Murdstone também.
A perícia chegou, depois de uma ligação desconhecida. E aqueles amigos foram presos pelo crime que cometeram.
Anos depois, David volta à procura de Carla. E...

Carla Katrine

 
David no CIA
 
Então David chegou ao CIA de Blunderstone (Centro Interescolar de Agropecuária de Blunderstone). O Cia é um Colégio Interno do continente europeu. Lá os alunos entram e só saem formados em Técnicos Agrícolas. Lá é bom, por isso eles saem formados.
Ele chegou e logo foi cumprimentado pelos alunos. Ele entrou no 7º ano. Era muito inteligente. David conheceu várias pessoas, principalmente o aluno Isaque do 9º ano com quem fez amizade.
Bom, às vezes Pegotty ia visitar ele no colégio, mas notícias de sua mãe mesmo não tinha nenhuma.
Os dias passaram e David alcançou sua maioridade morando na escola ainda.
Isaque Oliveira


A história de David

Então Pegotty pegou na mão de David e foram para uma cidadezinha chamada Itaperuna.
David ficou muito triste quando soube que Pegotty estava mentindo para ele. Então Pegotty falou que sua mãe havia mandado para um colégio interno.
Chegando ao colégio, David acha um pouco estranho, mas depois ele começou a fazer amizades, conheceu Victória, Marcos, Rayane e mais um monde.
David alcançou sua maioridade e optou por sair da escola. Levou com ele uma de suas amigas – a Victória. Os dois se casaram e tiveram uma filhas chamada Victoriana, um nome não tão bonito, mas optaram por ele.
Victoriana sonha em conhecer sua avó e David diz:
_Filha, sua avo não está mais entre nós.
A dolorosa verdade é que David tomou muita raiva de sua mãe e apresenta ela como morta para sua filha.
Khamylla


Ham

Fomos da concha até uma estada obscura onde barulhos estranhos saem do nada. Quando um homem de belos cachos marrom, por cima de uma moto envenenada dá um forte berro que mais parecia um lamento.
_Corre, David! – grita o cocheiro depois de atirar contra o peito de Pegotty, é uma armadilha.
Corremos mato a fora até despistar o motoqueiro de dentes de tubarão.
Pedro
 


O golpe descoberto

Enquanto ele saía de sua pequena cidade, sua mãe ficava com o Murdestone.
David está se divertindo em Yarmonth, mas pensando em sua mãe, que estava longe dele. Ele encontrou lá um irmão de Pegotty e aí passaram os dias, meses...
Acabaram os dias de suas férias forçadas. Então na vinda para casa, IEL começou a juntar as coisas e chegou a uma conclusão: _Murdestone estava querendo roubar a herança de sua mãe.
Então, ele chegou à sua moradia e sua mãe veio correndo ao seu encontro.
Mas teve uma vizinha que mostrou umas fotos antes dele chegar a sua casa. Então ele viu que era verdade o que ele tinha pensado.
Depois sua mãe contou toda a verdade para ele. Os dois resolveram esquecer de tudo e eles começaram uma nova vida.
Matheus Wilk
 

A história de um final feliz
 
David ficou com medo de sua mãe, Clara, ficar sozinha, por isso ele perguntou com quem a sua mãe iria ficar quando ele viajasse para a cidade de Yarmonth.
Pegotty queria levar David para conhecer a pequena cidade de Yarmouth para que ele se soltasse um pouco e fizesse amizades.
David queria mais era conhecer melhor a cidade, fazer novas amizades, ir à praia, se divertir, brincar na areia da praia, sentir o ar puro dali.
E assim fica a história, um final bom e feliz. Isso foi o que eu quis para David.

Paulo Roberto
 


A viagem de David

 
Então David e Pegotty chegaram a Yarmonth. Logo que desceram do ônibus foram em direção a uma lanchonete. De repente eles foram surpreendidos por três ladrões. Pegotty, muito assustada, começou a ficar sem reação e desmaiou. David, muito nervoso, com medo e sem saber o que fazer, porque ele nunca havia passado por uma situação dessas. Os ladrões não tinham o que levar deles (nada de valioso); pegaram Pegotty e David e levaram para um lugar muito longe da cidade. Os ladrões pediram a David o telefone da mãe dele para eles fazerem uma negociação. A discussão entre o ladrão e a mãe de David foi muito longa. Até que a mãe de David decidiu dar uma boa quantia em dinheiro para ele soltar Pegotty e David em um lugar seguro. Pegotty, na mesma hora, pegou o braço de David e voltou para a casa.
Loislene
 

Enrascada
 
Chegando David à cidade de Yarmonth, ele se deparou com um caminhão. Uma mulher empurrou David para dentro do caminhão. Enquanto o menino estava indo para um lugar distante da cidade, a mãe de David estava cheia de intenções com o bigodudo. Então David falou:
_ Eu não estou indo para a sua casa.
Mas na verdade, ele estava indo para a roça trabalhar. Depois de altas horas, o menino chega a tal roça. Depois de horas, o menino acaba de tirar café, de capinar etc.
David e Pegotty voltaram para casa e se depararam com a mãe de David quase tirando a roupa com o bigodudo. Então David gritou...
(Continua no próximo capítulo.)
Waldecir
 
David e Pegotty foram de ônibus para a pequena cidade de Yarmouth.
David perguntou:
_Por que a gente está indo para Yarmonth?
_ A gente este indo de férias, respondeu Pegotty.
_ Mas eu não estou de férias. Por que a minha mãe não veio?
_ Sua mãe estava muito ocupada com o trabalho, desculpou-se Pegotty.
_ Será que vou gostar dessa cidade?
_ Vai sim. Lá você vai conhecer meu sobrinho Ham. Ele é da sua idade.
_ Que legal. Vou dormir para quando eu chegar lá eu esteja descansado.
_ Tá bom. Mas, sabe David, enquanto a gente está viajando, sua mãe está ficando com o Sr. Murdestone.
Vinícius Lopes Faria


 
Dentro do ônibus, a caminho o colégio interno, David pensava que iria passar umas férias na casa do irmão de Murdstone. Mas, não. Eles estavam indo para uma escola interna.
Chegando lá, ele notou uma coisa diferente: aquele lugar não era nada do que ele pensou. Foi aí que ele notou uma coisa diferente: ali era uma escola interna e que a mãe dele tinha mentido para ele. Assim começou a chorar e ali, a cada dia que passava, ele ia piorando mais e mais. Ele notava que não iria voltar para casa nunca mais.
O tempo passou e assim, um dia, ele voltou para casa. Mas, chegando lá, onde ficava sua casa, ali já morava outra família e a mãe dele tinha mudado dali. Ele nunca mais a viu. Ele arrumou um lugar para viver, por que tinha perdido toda sua família.
David pensou em começar uma vida nova. Então, ele formou uma família com Marice e eles tiveram dois filhos e viveram felizes para sempre.
Maikom



Colégio Interno
 
Então David e Pegotty chegaram em Yarmouth pensando que iam ficar por lá, mas não ficaram. Na verdade, David foi para um colégio interno.
Chegando ao colégio, todos os veteranos olhavam torto para David. Chegando ao seu quarto, ele se deparou com quem seria seu melhor amigo: Ham.
Então David, tentou se enturmar com os alunos, mas ninguém quis; a não ser Ham.
Ham sempre conversa com David falando como eram as coisas por ali. David não gostava daquele lugar.
Com o passar do tempo, David foi se transformando. Ele e Ham se tornaram grandes amigos.
David conheceu uma menina que se tornou sua namorada.
Pâmela


 
A viagem de David

David estava indo de viagem com Pegotty, sua empregada. Sua mãe, Clara, ficou em casa com o doutor Murdestone que estava de romance com ela. Só que David não sabia. Ele foi forçado a viajar.
Eles estavam indo para Yarmouth onde morava o irmão de Pegotty. Ao chegarem lá, eles foram bem recebidos pelo irmão dela e seu sobrinho Ham. David não sabia que estava indo para um internato. Daí em diante, tudo mudou para ele. Pensou que Cia se divertir, brincar com o sobrinho de Pegotty, só que não foi assim.
Ele ficou muito triste quando entrou e viu um monte de crianças, todas enfileiradas com as mesmas roupas, melhor, com os mesmos uniformes. De um lado estavam as meninas e do outro, os meninos
Todos os dias, ia sempre alguém para acordá-los de manhã às 6 horas. Eles tomavam banho, café da manhã e, às 7 horas se dirigiam para a sala de aula. Ao meio dia, eles iam tomar outro banho e almoçar. Depois, iam limpara os banheiros, salas e dormitórios.
Mas aos 19 anos, David sai do colégio interno. Havia se tornado um belo executivo e sua mãe, que ele não via desde os 8 anos de idade, estava casa com Murdstone, seu padrasto.
Enfim, tudo ficou esclarecido e ele se apaixonou por uma mulher muito linda cujo nome era Theila. Eles se casaram e todos viveram felizes.
Tainá Albino da Costa




Capítulo 2

Então David chegou de sua viagem com a empregada e encontrou seu novo padrasto. Ele já não ia com a cara do sujeito. Agora não queria ficar na mesma casa que ele. Então resolveu ir para um colégio interno.
Ele foi e fez muitos amigos. Gostou muito do colégio e ficou lá até se formar. Seus primos também acabaram indo para lá.
Em seus últimos dias na escola, recebeu a notícia que sua mãe tinha sido morta pelo padrasto que lhe roubou tudo que ela tinha. Então David ficou na miséria.
Mas David trabalhou muito e se formou terapeuta.
Bruna


David, um menino sozinho

David e Pegotty chegaram muito bem à cidade de Yarmounth. Eles estavam viajando de charrete e pensando que estavam indo para a casa do irmão de Pegotty. Mas David estava muito enganado; ele estava a caminho de um colégio interno em Itaperuna.
Ele seguiu adiante para a sua sala. Sentou na sua carteira e logo os alunos vieram conversar com ele. Mas ele não gostou muito dos colegas e falou que queria voltar para casa.
Quando ele chegou em casa, recebeu a notícia de que estava órfão. Sua mãe havia falecido. Foi aí que ele decidiu que sua vida iria mudar. Daí ele foi pra um Hotel fazenda passar suas féria que foram ótimas.
Suas férias foram inesquecíveis. Tudo de bom.
Rafaela


Dias tristes

David, chegando à cidade, falou que estava com muita fome. Pegotty foi preparar alguma coisa para David comer. Quando ele estava preparando alguma coisa para o menino, ele perguntou a ela se ele podia conhecer a casa.
_ Claro que pode!
Andando pela casa, ele olhou na parede e, curioso, perguntou quem eram aquelas pessoas. Pegotty respondeu que era a mãe dele e o pai. Aí ele começou a chorar. E ela perguntou por que ele estava chorando e ele respondeu que era porque nunca tinha visto a foto de seu pai.
Mais tarde, Pegotty levou David no parque. Chegando lá ele conheceu um amigo. Eles conversaram à beça. No outro dia o menino queria ir embora e a Pegotty falou que o levaria. Então eles foram embora... Quando chegou na cidade dele, a mãe dele estava casada com o Sr. Murdestone. No começo o menino se assustou muito, mas depois ele acabou aceitando.
Ambrozilina


A história de David

Quando ele estava chegando lá, um menino ele viu e achou que era o primo dele. De repente, ele viu que não era. Depois de 7 horas, ele chegou e procurou um lugar para comer e achou um boteco. Lá ele e Pegotty comeram uns pastéis e logo depois foram achar um lugar para morar. Depois ele ligou para a sua mãe, mas ela não pôde atender, porque ela estava namorando o se. Murdestone. Ele achou que sua mãe estava dormindo.
Depois de vários dias, ele conheceu várias pessoas. No penúltimo dia ele tentou ligar para sua mãe novamente. Ela de novo não atendeu. Chegou a hora de ir embora; ele demorou 7 horas para chegar. Quando chegou, ele encontrou a mãe dele com o Sr, Murdestone. Ele ficou abalado.
Antonio Carlos